quarta-feira, 30 de abril de 2008

POESIA PARA TRABALHAR AS PROFISSÕES...

Tão

.

Tão bom barbeiro
que cortava até juba de leão.

Tão bom bombeiro
que apagava até fogo de vulcão.

Tão bom veterinário
que fazia condor ficar se dor.

Tão bom professor primário
que transformava um burro num doutor.

Tão bom atleta
que só ouvia dizer: "Venceste!"

Mas não tão mau poeta
que escrevesse um poema como este.


José Paulo Paes

Nenhum comentário: